Olá. Eu nasci em agosto de 1984 em Salvador e moro no Rio de Janeiro desde 2007. Sou escritor de não ficção: ensaios, artigos, crônicas, roteiros, reportagens e entrevistas. Me interesso por arte, cultura, filosofia, tecnologia, internet e xadrez.

Escrevi e publiquei uns livros. Escrevo regularmente sobre cultura, arte e comportamento. Apresento um podcast sobre literatura. Entrevistei artistas contemporâneos. Também desenho cartuns e ilustrações. Fui editor e colunista do Ornitorrinco. Assine minha newsletter para receber novidades e ideias que me ocorrem durante meus processos de estudos, pesquisa e criação.

CONTEÚDO RECENTE

- Atualizado: 18 de junho 2019

Uma Nova Manhã. Aos 25 anos Bob Dylan decidira se afastar da imagem de ídolo que fora construída por e sobre ele para se dedicar à família e às novas composições.

Combater a Corrupção. Tem gente que combate a corrupção praticando corrupção.

Modus Operandi da Escrita. Escrever é uma atividade física e não apenas mental. A forma como se executa a tarefa altera o produto realizado.

Relatos do Front. Escrevi em parceria com o diretor Renato Martins o roteiro deste documentário que expõe o problemático sistema de segurança pública do Rio de Janeiro. Aviso com alegria que o filme estará em breve nos cinemas. Assista o trailer.

O Bom Leitor. Ensaio sobre o prazer da leitura e a importância de estarmos constantemente nos abastecendo de textos que nos sejam significativos. Escrito e publicado originalmente na newsletter. Pode ler por aqui também.

Cartuns inéditos na Revista Piauí. Fiz uma série inédita de cartuns feitos intencionalmente para a publicação. A revista toda está demais, boa de ler do início ao fim, textos importantes e necessários. Os desenhos acabaram casando com as questões tratadas na edição (mas isso é mérito do editor). Estou orgulhoso por mais essa colaboração. Já nas bancas.

Making of do processo de escrita do próximo livro. Aproveitei o feriado de Carnaval e me isolei com família e amigos numa casinha na serra para finalizar o livro que será lançado no primeiro semestre deste ano. O livro vai se chamar "A Desobediência do Escritor".

Uma folha em branco e uma caneta. É assim que tudo começa. Desde os meus 14 anos, quando tomei gosto por escrever, carrego sempre comigo um caderno para qualquer lugar que eu vou.

Participei do projeto Retratos, dirigido pela documentarista Clara Cavour. Clara foi até o meu estúdio em uma manhã fria no Rio de Janeiro, mostrei meus cadernos e falei sobre processos, criações, angústias e projetos futuros.