CONTEÚDO COMPLETO COM TODAS AS NOVIDADES

O Quadro. Quadro meu na expo "Da lama à alma / Da alma à lama." Exposição na Casa Jangada que tá cheia de artes e uma galera massa.

Caduco, disco do Marcelo Callado. O disco tem camadas que mexe com partes diferentes do corpo, acionando todas as faixas do cérebro

Livros censurados na Bienal. Hoje é sete de setembro. Pra mim, independência é isso. Se um político censura uma obra de arte é porque ele está dizendo que àquela arte tem poder. E tem mesmo.

Na Montanha Mágica. Como se não bastasse todas as coisas pelas quais estamos passando, de repente me vem do nada um negócio de um tumor. E para complicar ainda mais, na cabeça.

Desenhos hospitalares. Durante os longos dias em que fiquei internado rabisquei uns desenhos.

Arte de capa. Fui convidado pelo músico Thalles para criar a arte da capa do seu novo single “It’s a New Year and We’ve Never Been so Old”.

Relatos do Front. Filme que escrevi ao lado do diretor Renato Martins, traz relatos das pessoas que vivem ou viveram a rotina de combate entre tráfico de drogas e polícia.

Uma Nova Manhã. Aos 25 anos Bob Dylan decidira se afastar da imagem de ídolo que fora construída por e sobre ele para se dedicar à família e às novas composições.

O Brasil é Um Absurdo. Eu ainda não cheguei nessa fase pessimista de alguns e dizer que "isso não vai dar em nada". Minha sensação presente é de indignação, com muita vergonha do que acontece neste país.

Prêmios em Cannes. É muito mais do que importante esses prêmios em Cannes para o cinema brasileiro nas mãos de dois grandes cineastas que vêm filmando narrativas nacionais de vanguarda.

Modus Operandi da Escrita. Escrever é uma atividade física e não apenas mental. A forma como se executa a tarefa altera o produto realizado.

O Bom Leitor. Ensaio sobre o prazer da leitura e a importância de estarmos constantemente nos abastecendo de textos que nos sejam significativos. Escrito e publicado originalmente na newsletter. Pode ler por aqui também.

Cartuns inéditos na Revista Piauí. Fiz uma série inédita de cartuns feitos intencionalmente para a publicação.

Chove Chuva. Noite de segunda-feira no Rio de Janeiro, maior perrengue pra voltar do trabalho pra casa, atravessando as ruas de Botafogo tomadas por um rio de lama e chuva, com água até o joelho.

Making of do processo de escrita do próximo livro. Aproveitei o feriado de Carnaval e me isolei com família e amigos numa casinha na serra para finalizar o livro que será lançado no primeiro semestre deste ano.

Uma folha em branco e uma caneta. É assim que tudo começa. Desde os meus 14 anos, quando tomei gosto por escrever, carrego sempre comigo um caderno para qualquer lugar que eu vou.

Participei do projeto Retratos, dirigido pela documentarista Clara Cavour. Clara foi até o meu estúdio em uma manhã fria no Rio de Janeiro, mostrei meus cadernos e falei sobre processos, criações, angústias e projetos futuros.